agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal



Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


nutriNews Brasil

Canal nutriNews Brasil

Seguir Seguir

Nutracêuticos na dieta de cães e gatos

Nutrir adequadamente o cão e o gato é a base para uma vida saudável e longeva. Para atender essa premissa, os nutricionistas desenvolvem dietas a partir de dados de exigências nutricionais em aminoácidos, ácidos graxos, minerais e vitaminas, relacionados à necessidade energética nas diversas fases fisiológicas e recomendadas nas diferentes bases de dados das diretrizes nutricionais para cães e gatos, como: FEDIAF, NRC ou AAFCO. Os nutrientes exigidos são encontrados nos ingredientes e sua disponibilidade está relacionada com a digestibilidade da matéria-prima, que pode ser influenciada por :Fatores antinutricionais; Níveis e tipos de fibras; Qualidade do processamento da dieta; Saúde intestinal e dentre outros fatores. O conhecimento e aplicação dessa base nutricional é essencial. No entanto, com o mapeamento genético foi possível ter acesso a novas informações relacionadas à comunicação entre os compostos dos ingredientes e os genes, surgindo a genômica nutricional, que através da nutrigenômica avalia os efeitos dos nutrientes e componentes bioativos da dieta na expressão dos genes e, a partir da nutrigenética, são estudados os efeitos da variação genética do indivíduo na resposta à dieta. A compreensão da interação gene/nutriente é importante para o suporte nutricional de cães e gatos, pois nutrientes e compostos bioativos e fitoquímicos podem modificar o fenótipo do animal em função da modulação da expressão gênica. Compreender essas interações dos nutrientes de forma direta no gene ou através de relações epigenéticas permite selecionar quais componentes nutricionais são mais benéficos para a saúde do animal e com isso, transformar o modelo de desenvolvimento das dietas através do equilíbrio do indivíduo como um todo, reduzindo o risco de doenças. O padrão de vida dos cães e gatos na sociedade atual é completamente diferente de algumas poucas décadas atrás. Muitos realizam pouca ou nenhuma atividade física, ficam muitas horas sem ter o que fazer e em pequenos espaços, sofrem de ansiedade de separação e muitos tutores possuem extrema dificuldade em compreender que as necessidades comportamentais e nutricionais dos cães e gatos são diferentes dos seres humanos, tornando o ambiente em que eles vivem estressante.

Relacionados com Nutrição animal

3
10
7

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Criar a minha conta