agriFM

Selecciona una foto desde tu ordenador o arrastrala aqui. Tamaño recomendado 500px x 500px

Editar Canal


www.vetanco.com">
Thumb
Sube la imagen de tu podcast.Tamaño recomendado 500px por 500px.


SuínoBrasil

Canal SuínoBrasil

Seguir Seguir

Novos métodos de detecção de resíduos antibióticos em animais vivos

  • Novos métodos de detecção de resíduos antibióticos em animais vivos
  • Desde a descoberta da penicilina no início do século XX, este e outros antibióticos têm sido grandes aliados da saúde pública, melhorando o estado de saúde não só na medicina humana, mas também na produção animal.
  • Entretanto, seu uso indevido é a base da geração de resistência a antibióticos, um processo pelo qual os microrganismos não são mais sensíveis aos antibióticos, que deixarão de ser eficazes para o tratamento de doenças comuns.
  • Este problema é tão grave que a OMS (Organização Mundial de Saúde) considera a resistência antimicrobiana como uma das maiores ameaças que a humanidade deve enfrentar nas próximas décadas (OMS, 2017).
  • Mundialmente, estima-se que para o ano 2050 uma gestão inadequada deste problema gerará uma perda acumulada de 88 bilhões de euros e10 milhões de mortes anuais (Figura 1), ultrapassando o número de mortes por doenças como o câncer (O´Neill, 2014).
  • Por ser um processo seletivo natural, é difícil impedir o desenvolvimento de resistência antimicrobiana pelos microrganismos, mas o controle adequado uso de antibióticos e outras substâncias antimicrobianas favoreceria a redução da eficácia do processo.
  • A UE lançou planos estratégicos que buscam reduzir a presença de resíduos deste tipo de substância.
  • Estes planos afetam diretamente o setor veterinário, já que este é um dos principais usuários destas substâncias (EMA, 2017). Os alimentos de origem animal são possíveis via de entrada para estes compostos na cadeia alimentar humana e assim, acabam contribuindo para o desenvolvimento de resistência a antibióticos por parte dos consumidores.
  • Nesse contexto, autoridades sanitárias possuem uma legislação ampla e protetora que, juntamente com o uso responsável e programas de controle, conseguiram reduzir o aparecimento de alimentos contaminados com resíduos de antibióticos em porcentagens inferiores a 0,3% em 2018 (EFSA, 2020).
  • Os dados oficiais dão segurança ao consumidor e refletem não apenas um bom trabalho dos produtores, mas a eficácia dos planos de vigilância.
  • Para ler o artigo “Novos métodos de detecção de resíduos antibióticos em animais vivos”, clique AQUI
  • Ouça também: “Período periparto: Como o perfil energético influencia esse momento?
 

Relacionados con Suínocultura

24
28
93

Comparte este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Crear mi cuenta