agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal


O VetanCast é uma ferramenta que foca na comunicação auditiva e oferece dinamismo para quem busca informações importantes e atualizadas sobre o setor agro. Em 12 minutos, convidades das mais diferentes áreas da cadeia produtiva do agronegócio vão apresentar opiniões sobre temas de relevância técncia e de mercado">
Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


aviNews Brasil

Canal aviNews Brasil

Seguir Seguir

Diferentes metodologias de tratamento da casca de ovos: Impactos sobre a qualidade física e microbiológica de ovos comerciais

  • Diferentes metodologias de tratamento da casca de ovos: Impactos sobre a qualidade física e microbiológica de ovos comerciais
  • Como qualquer produto de origem animal, o ovo é perecível, e a perda da qualidade é inevitável. Diversos fatores, individualmente ou em conjunto, podem influenciar na qualidade dos ovos. Dentre eles, idade e genética matrizeira, temperatura, umidade, dieta e contaminações.
  • Após a oviposição, o tempo de vida da prateleira e a qualidade estão relacionados com os processos externos, tornando necessária a tomada de medidas preventivas, desde a coleta na granja até a comercialização.
  • Atualmente, o prazo de validade máximo autorizado pela fiscalização é de 30 dias, um tempo curto, quando se compara com outros produtos de origem animal.
  • Diante disso, faz-se necessário o desenvolvimento de novas tecnologias que amenizem os impactos negativos do armazenamento prolongado dos ovos.
  • Para isso, foca-se em processos que reduzam o biofilme e a carga microbiana na parte externa da casca, somados a processos de selamento de seus poros externos, impedindo a troca de gases e a migração de umidade entre o meio interno e externo dos ovos.
  • O cloro é efetivo contra muitos microrganismos e atóxico em concentrações recomendadas, tendo ação bactericida rápida em solução aquosa, formando ácido hipocloroso (HOCl), que pode penetrar na célula bacteriana e liberar o oxigênio, oxidando componentes essenciais do protoplasma, causando a morte celular (GREZZI, 2007).
  • Ainda, a utilização de óleos essenciais é cada vez mais frequente na produção animal principalmente por suas propriedades antimicrobianas.
  • Isso é possível porque os óleos possuem moléculas hidrofóbicas que passam livremente na parede celular e membrana citoplasmática bacteriana, provocando perda de íons e danos para estruturas internas a célula resultando na sua morte, podendo possuir efeito desinfetante na parte externa da casca dos ovos (Pesavento et al. 2015).
  • Além dos sanitizantes, a vedação dos poros com componentes vedantes, por exemplo, ceras, goma-laca, são utilizados. A Goma-laca é um polímero natural refinado da secreção de Kerria lacca, é encontrado na forma de flocos ou pó insípido, possui diversas finalidades.
  • Objetivou-se avaliar se há influência da aplicação de três protocolos de tratamento para limpeza e/ou vedação dos poros da casca dos ovos sobre sua qualidade, verificando se há efeito da adição dos diferentes protocolos de limpeza e/ou vedação da casca, em 45 dias de armazenamento, sobre a qualidade física e a qualidade microbiológica dos ovos, para proporcionar informações e técnicas que possam contribuir com a evolução da cadeia produtiva.
  • Se preferir, leia o artigo completo AQUI 
  • Ouça Também: Resíduo de incubatório: o que acontece depois da eclosão?
  • Diferentes metodologias de tratamento da casca de ovos: Impactos sobre a qualidade física e microbiológica de ovos comerciais

Relacionados com Aves

36
527
149

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Minha conta