agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal


O VetanCast é uma ferramenta que foca na comunicação auditiva e oferece dinamismo para quem busca informações importantes e atualizadas sobre o setor agro. Em 12 minutos, convidades das mais diferentes áreas da cadeia produtiva do agronegócio vão apresentar opiniões sobre temas de relevância técncia e de mercado">
Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


nutriNews Brasil

Canal nutriNews Brasil

Seguir Seguir

Composição do milho na nutrição de frangos de corte

Cerca de 70% do milho produzido no mundo é destinado a alimentação animal (EMBRAPA, 2006). O mesmo é o componente energético mais importante na alimentação de frangos de corte, sendo um dos ingredientes com maior inclusão nas dietas, contribuindo com cerca de 65% de energia metabolizável e 20% de proteína bruta (Cowieson, 2004). Quanto à morfologia, o grão de milho se divide em:
  • Endosperma, gérmen (embrião);
  • Pericarpo (casca) e ponta, que se diferem em composição química e na organização dentro do grão.
  • O milho é composto em base seca, em média, por 72% de amido, 9,5% de proteína, 9% de fibra e 4% de óleo (EMBRAPA, 2006), podendo estas proporções serem variáveis.
A região do endosperma, vítreo e farináceo, representa a fração de amido e algumas proteínas de armazenamento e corresponde a cerca de 80% do grão. O endosperma vítreo possui matriz proteica densa e compactada, o que dificulta sua quebra (Wang e Eckohoff, 2000), nesse tipo de endosperma os grânulos de amido estão mais organizados. Já o endosperma farináceo apresenta matriz menos espessa e de menor densidade, com os grânulos de amido organizados de forma mais dispersa, o que pode facilitar o acesso de enzimas (Huntington, 1997). Tanto a digestibilidade do amido quanto da proteína, podem ser comprometidas pelo difícil acesso aos grânulos de amido. A diferença estrutural entre o endosperma farináceo e vítreo, caracterizado principalmente pelo perfil da matriz proteica pode ter um impacto no valor nutricional do grão (Tamagno et al., 2016), sendo que o teor de proteína é maior no endosperma vítreo (Gayral et al., 2015). Etapas do processamento de grãos como a secagem, podem afetar a solubilidade das proteínas (Peplinski et al.,1994), e na peletização de rações, na qual um dos objetivos é a gelatinização do amido, pode ocorrer a formação de amido retrogradado e reação de Maillard, respostas indesejáveis no processo.
Amido
O amido é um polissacarídeo formado por unidades de glicose, das quais se organizam dentro do grânulo como estruturas denominadas de amilose e amilopectina (Weurding et al., 2003; Isaksen et al., 2011). No milho, a amilose representa aproximadamente 25% do amido, a mesma apresenta cadeia linear de glicose ligadas por ligações do tipo alfa-1-4.

Relacionados com Aves

36
507
149

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Minha conta