agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal



Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


aviNews Brasil in Live

Canal aviNews Brasil in Live

Seguir Seguir

Atuação geral do MAPA na crise do Coronavírus com a Ministra Tereza Cristina

Em abril, a Ministra Tereza Cristina concedeu entrevista ao vivo à revista aviNews Brasil. Estreando no Instagram Live, a ministra falou por uma hora sobre um leque amplo de assuntos de interesse do setor. Até a tarde do dia seguinte, a live tinha sido visualizada por mais de 3,5 mil pessoas no stories da aviNews Brasil no Instagram. O objetivo da live era comentar sobre a instituição do Comitê de Crise Agro-COVID 19, criado pelo MAPA. A ideia é que o Comitê monitore e proponha estratégias para minimizar impactos da crise do coronavírus. A Ministra comenta das principais ações tomadas pelo Ministério durante a pandemia e os principais desafios enfrentados. A Ministra também comenta sobre a parceria com a ABPA para juntos tentarem amenizar os problemas gerados pela pandemia no setor da indústria de proteína animal. Pensando, principalmente, nas pessoas que trabalham nesses setores, nas agroindústrias. Muitas medidas foram tomadas para que todos cumprissem uma missão, de tentar minimizar os efeitos do coronavírus, pensando na alimentação que é fundamental para todos. Foi discutido sobre a opinião da Ministra Tereza Cristina sobre os reflexos econômicos pós-crise do coronavírus, que preocupavam e preocupam muito toda a população brasileira. Falando da proteína animal, que é um setor muito importante para a economia do País, haviam informações de que neste ano seria muito provável que não tivéssemos novas habilitações de plantas frigoríficas para exportar à China. Os preços do suíno vivo, por exemplo, já estavam caindo. Perguntou-se então se o MAPA já estava atento a esse problema. Durante a live também foi comentado sobre as dificuldades enfrentadas pelos produtores de ovos de codorna, visto que esses são muito demandados pelos restaurantes, onde não estava podendo ter público para consumir esse produto. Relatos davam conta de que o plantel daquele momento, de 20 milhões de codornas deveria ser reduzido para 5 milhões. Falando das dificuldades, temos também os produtores de flores, com relatos de redução de 70 a 80 % na comercialização. Assim como o próprio setor sucroenergético, afetado pela queda no preço do petróleo e redução dos deslocamentos de automóveis… Se você quiser acompanhar entrevistas como essa ao vivo, siga-nos em nosso perfil no Instagram: @avinewsbrasil E se quiser acompanhar a live em vídeo é só clicar aqui!

Relacionados com Aves

18
0
2

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Avatar
Criar a minha conta