agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal


O VetanCast é uma ferramenta que foca na comunicação auditiva e oferece dinamismo para quem busca informações importantes e atualizadas sobre o setor agro. Em 12 minutos, convidades das mais diferentes áreas da cadeia produtiva do agronegócio vão apresentar opiniões sobre temas de relevância técncia e de mercado">
Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


nutriNews Brasil

Canal nutriNews Brasil

Seguir Seguir

Uso de enzimas exógenas na alimentação de ruminantes: aplicações e benefícios

Os ruminantes são excepcionalmente capazes de transformar matéria vegetal em carne, e este feito é de grande interesse para a produção de proteína de origem animal e para a segurança alimentar. Esse interesse vem fomentando, nas últimas décadas, diversos estudos aplicados em melhorias tecnológicas, tanto nos alimentos destinados à nutrição dos ruminantes quanto em melhoramento genético e de manejo, resultando em elevados índices de produção de proteína animal de origem bovina. No que diz respeito aos alimentos para ruminantes, deve-se pontuar que eles são vastamente variáveis e influenciados de acordo com os objetivos zootécnicos da cadeia produtiva animal, bem como por fatores regionais relacionados a questões mercadológicas de insumos e produto final. Esta complexidade de variáveis resulta em constante desafio aos produtores, em termos de tomada de decisão, viabilidade e lucratividade na etapa de produção, tendo que, muitas vezes efetuar possíveis alterações na composição da dieta dos animais, fazendo com que estes precisem adaptar sua fauna fermentação ruminal a cada mudança. Desde 1995, houve o desenvolvimento tecnológico de enzimas exógenas para uso na bovinocultura. O uso de enzimas exógenas pode trazer benefícios para a eficiência alimentar dos animais, oferecer uma melhor conversão alimentar e melhorar o desempenho produtivo. Além disso, a adição de enzimas exógenas na dieta animal também pode reduzir a produção de gases, pois a digestão mais eficiente dos nutrientes reduz significativamente a quantidade de metano produzido pelos animais. À medida que os estudos foram evoluindo, a compreensão de como utilizar esse aliado tecnológico de maneira mais eficiente tem ganhado força entre os bovinocultores. As enzimas são amplamente utilizadas na nutrição de bovinos para melhorar a digestibilidade e a utilização dos nutrientes presentes na dieta. Elas são proteínas que catalisam reações químicas específicas no trato digestivo, quebrando os nutrientes complexos em unidades menores e mais facilmente absorvíveis pelo animal.

Relacionados com Ruminantes

12
178
48

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Minha conta