agriFM

Selecione uma foto do seu computador ou arraste-a aqui. Tamanho recomendado 500px x 500px

Editar Canal



Thumb
Faça upload da imagem do seu podcast. Tamanho recomendado de 500 por 500 pixels.


Nutriprosa

Canal Nutriprosa

Seguir Seguir

Especial SIAVS 2022 – Bate-papo com a Agronutri

A paranaense Agronutri, indústria do segmento de nutrição, saúde e desmedicalização animal, selou uma parceria exclusiva com a farmacêutica espanhola Farm Faes, grupo detentor de empresas como Ingaso e TecnoVit, fabricantes de uma ampla linha de produtos, para produzir e comercializar no Brasil núcleos, premixes e concentrados nutracêuticos (alimentos bioativos e livres de fármacos) para suínos. A parceria prevê um investimento de R$ 10 milhões em um período de três anos e o objetivo é chegar a 20% de participação de mercado até 2025. Na unidade fabril da Agronutri, localizada em Quatro Barras, a cerca de 20 km de Curitiba/PR, serão produzidos pelo menos quatro produtos formulados pelo grupo Farm Faes, recém-registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Entre eles, soluções livres de fármacos como o Óxido de Zinco, substância proibida pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA). Inicialmente, a fábrica produzirá 2 mil toneladas, mas deve alcançar sua potencialidade total, de 5 mil toneladas/mês, até 2025. De acordo com o diretor da Agronutri, Fábio Ebrahim, a partir desses quatro produtos já homologados, será possível produzir mais de 100 fórmulas diferentes com cada item, para variadas fases de desenvolvimento dos leitões. “Isso quer dizer que vamos ter soluções nutricionais para enfrentar quaisquer desafios nos próximos anos, principalmente contribuir através da nutrição com o manejo nas granjas sem antibióticos ou fármacos tradicionalmente usados”, revela. “São fórmulas que atendem às exigências do mercado europeu – e também do global. Dessa forma, os suinocultores brasileiros poderão competir de igual para igual com produtores de todo o mundo”, estima. Para o diretor-executivo da Farm Faes, German Fernandez-Cano, a parceria estratégica com a Agronutri é importantíssima, já que o Brasil vem se consolidando como um dos principais produtores de proteína animal e deve, em 2027, ser o país mais relevante para o mercado global no setor da suinocultura. “Temos todos os fundamentos para selar um negócio estratégico: o produto, a tecnologia, o potencial de mercado e duas empresas de ponta olhando para o futuro”, celebra.

Relacionados com Suínocultura

83
90
116

Compartilhar este podcast

Facebook Twitter LinkedIn Email
Portugués
POR
Avatar
Criar a minha conta